Planejamento Financeiro

Principais Erros na Hora de Comprar um Imóvel

Principais erros na hora de comprar um imóvel

Dicas Sobre Comprar um Imóvel

Se você está pensando em comprar um imóvel, verifique quais são os principais erros cometidos na hora da compra para que você consiga evita-los!

Tomar a decisão para a compra de um imóvel, na vida de muitas pessoas, tem um peso muito grande, essa conquista é o sonho de muitos brasileiros, além de se tratar de uma negociação de um valor muito alta para aquisição do bem.

Existem fatores que podem fazer com o que deveria ser a realização do seu projeto, acabe se tornando uma verdadeira catástrofe, então por isso todo esse processo de compra requer um imenso cuidado. A busca pelo imóvel ideal, pode se tornar algo demorado e muito cansativo, mas esse é um esforço indispensável para que a sua compra seja realizada com muito sucesso.

A baixo confira algumas dicas para que você não cometa os principais erros cometidos por aqueles que querem adquirir um imóvel.

Um dos grandes erros cometidos por aqueles que querem comprar um imóvel, é a falta de planejamento, o que pode deixar a situação muito pior quando ele é comprado às pressas. Para quem decidiu que é hora de adquirir um imóvel, avaliar a sua situação financeira é a primeira coisa a se fazer, você deve fazer um levantamento do que você tem para realizar a compra, e qual a quantia que você poderá comprometer mensalmente para com as parcelas.

Você deve pesquisar muito sobre quais as formas de pagamentos e conhecer quais os custos envolvidos em cada uma das situações. Para se planejar você deve retirar um tempo, que será uma grande vantagem para aqueles que tem interesse em fazer um consórcio, pois assim você não irá cair em nenhuma armadilha decorrente a decisões apressadas.

Você tem uma ampla flexibilidade com as características da modalidade do consórcio, que permite a escolha de diferentes prazos com a possibilidade de antecipar ou de quitar as suas parcelas através de lances.

 

  • Aquisição do bem incompatível com o seu orçamento.

Para a compra de um imóvel, é recomendado que você não comprometa mais do que 30% da sua renda total. Más, você deve ver se as parcelas se encaixam no seu orçamento, pois há outros limites financeiros que merecem uma maior atenção.

Deve-se levar em conta que, quanto maior for o valor do imóvel, maior vai ser o valor cobrado pelo seu Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), e o valor do seu condomínio. Dependendo da região em que está localizado o imóvel que você pretende adquirir, o custo de vida pode aumentar de uma forma considerável.

Fazer uma comparação do preço do preço do metro quadrado do imóvel desejado com outros da região, é uma forma de verificar se o preço está apropriado. Como este é um investimento de longo prazo, é preciso verificar as implicações que o valor do imóvel e os seus esforços ocasionaram no orçamento.

No consorcio é possível evitar os juros que o financiamento bancário cobra, aonde eles elevam o valor do imóvel notavelmente, possibilitando que você pague bem menos pela sua propriedade ou até mesmo a compra de um bem mais valorizado pelo mesmo valor.

 

Quando você assina um contrato, você está assumindo todas as responsabilidades legais com a outra parte interessada, e para evitar qualquer problema no futuro, é fundamental que você leia com calma todo o contrato.

Se aparecer alguma dúvida enquanto você lê o contrato de acordo com cada clausula, você pode solicitar um advogado responsável em direito imobiliário, que poderá te ajudar em relação as suas dúvidas, e orientá-lo caso considere algum item abusivo.

Quando você assina um contrato com termos abusivos, nada te impede de recorrer à justiça após, entretanto esse problema pode ser evitado de maneira simples e que lhe deixara com muita dor de cabeça.

 

  • Condições do Imóvel.

Quando você for visitar o imóvel desejado, é preciso que você fique de olhos bem abertos para não deixar escapar nenhum possível defeito, que no futuro podem acarretar em custos fora do planejado, se não forem identificados antes da compra.

Verificar sempre o fechamento das janelas, verificar o funcionamento de descargas, qualidade dos pisos e azulejos da casa, se existe umidade nas paredes, esses são exemplos de itens que precisam de muita atenção.

Você deve se possível verificar o imóvel em diferentes dias e horários, aonde você consiga verificar a exposição ao sol, e se na vizinhança há problemas com a chuva nas propriedades ao seu redor.

É aconselhável que você leve um profissional para verificar a segurança da estrutura, pois isso pode evitar problemas futuros com defeitos disfarçados por pinturas ou reparos eventuais. Como rachaduras e com fiação elétrica.

 

  • Despesas extras.

Você deve guardar além do valor destinado ao pagamento do imóvel, um valor para cobrir outras necessidades como despesas referente aos impostos, escritura, registro e outras documentações necessárias, como também para eventuais reformas e para a mudança.

Quando você não apura essas despesas, você poderá ter que lidar com gastos de última hora, aonde precisará se endividar para poder quita-las, muitas vezes com juros muito altos. Então a melhor forma de não se endividar é fazer uma poupança segura e destinada a esses gastos que é indispensável para que não haja nenhum transtorno.

No investimento imobiliário de consórcio, o valor do imóvel desejado é pago integralmente, e a pessoa que optar por essa forma ainda poderá contar com uma quantia reservada da carta para dar entrada em gastos extras e com as despesas do imóvel.

 

  • Emocionalmente falando.

Na compra de um imóvel, principalmente se for o primeiro imóvel, é comum as pessoas se deixarem levar pela emoção da compra. Até aqueles que se consideram pessoas racionais podem cair nesta armadilha.

Mas é preciso que você mantenha suas emoções controladas para que consiga fechar um bom negócio, porque com muita empolgação você está impedido de uma análise cautelosa dos riscos. Procure sempre conversar com pessoas de sua confiança, essa pode ser uma ótima solução para ter uma opinião parcial e isenta.

Como a maioria das pessoas só compram no máximo de um a dois imóveis na vida, elas são consideradas inexperientes, mas para compensar isso a informação se faz fundamental para que você não seja levado somente pelas expectativas, você deve analisar a compra total com olhos de investidor.

 

  • Documentos do Imóvel.

Procure saber se todos os documentos do imóvel estão em ordem e se ele não possui dividas, para realizar uma compra segura. Caso você adquira um bem com dívidas derivadas de tributos ou condominiais, a responsabilidade pelo pagamento da mesa, serão somente sua, a partir do momento que você passa o imóvel para o seu nome.

Pode-se investigar em órgãos públicos se o imóvel é declarado como utilidade pública, se caso ele for, existe a possibilidade de desapropriação.

 

  • Tirar dúvidas.

Você nunca deve fazer qualquer compra sem tirar todas as suas dúvidas definitivas. Não tenha vergonha de perguntar, por mais simples que seja a sua dúvida, pois a interpretação equivocada pode trazer desentendimentos futuros e motivar muitos aborrecimentos.

Como você já conheceu os principais erros na hora de adquirir um imóvel, você está seguro para realizar a compra. Siga nossas dicas que você se dará muito bem, fique bem atento.

Tenha mais informações sobre os principais erros na hora de comprar um imóvel, continue lendo os artigos do O Blog do Consórcio, em breve falaremos sobre IPTU e Venda de imóveis. Assine a nossa newsletter e receba as nossas atualizações diárias.

 

PREENCHA O FORMULÁRIO E OBTENHA AJUDA

Melhor Forma de Contato

TelefoneE-mailWhatsApp

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *