Consórcio de Imóveis

Consórcio de Imóveis: O que devemos saber?

O que devemos saber sobre Consórcio de Imóveis?

Como a maioria de nós sabemos o consórcio de imóveis não tem juros, leia entenda sobre este assunto aqui.

Consórcio é um autofinanciamento gerenciado, aonde bancos e administradoras, recebem uma pequena taxa para gerir o fundo de investimento de seus clientes.

Outra questão a ser conhecida é que a compra de bens e serviços feitas pelos consorciados que são contemplados é realizada com os recursos que os integrantes colocam no grupo, através da contribuição mensal referente ao pagamento de suas parcelas. Quais são as taxas do consórcio? Vamos abordar todas elas neste artigo.

As prestações mensais do consórcio são constituídas pelo fundo comum, taxa de administração, fundo de reserva e seguro. As taxas do consórcio não são empregadas sobre o valor dobem ou serviço desejado.

Fundo Comum do Consórcio de Imóveis?

O fundo comum é composto com o valor que todos os consorciados pagam as prestações para formação da grande poupança do grupo, que destinará a compra dos bens ou serviços desejados dos consorciados contemplados. Este valor é disposto nas assembleias gerais extraordinárias que serão realizadas uma vez por mês. Entenda como funciona as assembleias do bem ou serviço contratado e amparado no contrato.

A contribuição para o fundo de reserva é definida da seguinte forma: percentual que pode ser de 100% ou uma porcentagem estabelecida no contrato de participação, dividido pelo número de parcelas do grupo.

Obs.: O percentual fixo durante tudo o prazo do grupo, é uma forma de contribuição de forma linear, entretanto, a administradora de consórcio de imóveis pode fixar um percentual variável, desde que as somas das contribuições sejam iguais ao total do valor contratado.

Veja abaixo cálculo explicativo sobre o fundo de reserva do consórcio de imóveis.

Taxas do Consórcio de Imóveis.

A taxa de administração é a remuneração que as administradoras cobram por administrarem o grupo de consórcio de imóveis. Para que o integrante do grupo saiba o valor real do pagamento mensal de suas parcelas, é necessário efetuar uma divisão da taxa total pelo prazo do grupo.

Na simulação abaixo a taxa de administração mensal é de 15.5% ou seja 0.07750% ao mês.

Fundo de reserva do consórcio de imóveis

O fundo de reserva é uma taxa de proteção, que garante o funcionamento e manutenção do grupo de consórcio de imóveis, sobre situações adversas, como inadimplência por exemplo. A taxa de fundo de reserva pode ser cobrada conforme regras da administradora contratada conforme o contrato. É importante ressaltar que, se houver recursos no fundo de reserva no encerramento do grupo, eles serão devolvidos de forma proporcional aos consorciados do grupo.

A lógica para o cálculo é a mesma adotada para a taxa administrativa: Devesse dividir a taxa total de administração pelo prazo de parcelas do grupo.

Na simulação abaixo o valor pago mensalmente de Fundo de Reserva é de R$50,00, o que corresponde a um valore de taxa de fundo de reserva de 0,0100.

Seguro de vida do consórcio de imóveis.

O seguro de vida é cobrado conforme proposta de cada administradora, se previsto no contrato o integrante do grupo de consórcio de imóveis, pagará o prêmio referente ao valor contratado. O seguro será destinado a favor do grupo para pagar o valor devido referente ao saldo restante das parcelas dividas, pode ser aplicado também caso por falecimento, por isso se faz necessário, pedir a apólice do seguro para leitura prévia, antes da assinatura do contrato.

Lances do consórcio de Imóveis.

Os lances assim como as outras funcionalidades do consórcio foram criados para que os consorciados recebam os imóveis com mais rapidez, a contemplação por lance ocorre quando um integrante do grupo entrega o maior valor referente a oferta do lance.

Para que o lance seja ofertado, o integrante do grupo de consórcio precisa estar em dia com as parcelas a pagar, por isso antes de contratar o consórcio de imóveis, pense e análise todas as questões minunciosamente.

Surgimento do Consórcio de automóveis.

O consórcio surgiu no Brasil na década de 60, formado pela indústria automobilística devido a falta de oferta de crédito no mercado automobilístico funcionários do Banco do Brasil tiveram a esplendida ideia de formar um grupo no qual amigos fizeram uma poupança onde depositariam valores de suas parcelas com o objetivo de estabelecer um fundo para suprir a necessidade da compra de automóveis.

Então veio a seguinte dúvida, como cada participante deste grupo de amigos receberia os valores somados durante o mês. Aí que surgiu a ideia de efetuarem o sorteio!

Surgimento do consórcio de Imóveis

Na década de 90 nasce o tão esperado consórcio de imóveis, afim de realizar o sonho da casa própria, com base na regulamentação da edição da Lei nº 8.177, que passaram a ser exercidas pelo Banco Central do Brasil, referente a fiscalização e realizações de operações do setor.

Compare as melhores empresas deste seguimento no ranking que criamos para facilitar a sua busca por uma boa empresa.

Ranking das melhores empresas de consórcios de imóveis.

Posição AdministradoraAvaliação Reclame Aqui 

0 a 10

1Consórcio Luiza8,01
2Consórcio Rodobens6,45
3Consórcio Nacional Ford6,06
4Consórcio Embracon5,86
5Consórcio Porto Seguro5,83
6Consórcio Yamaha5,82
7Consórcio BB5,74
8Consórcio Sicredi5,51
9Consórcio Embracon5,44
10Consórcio Caixa5,29

Fonte: Reclame Aqui 2017

Comparativo de consórcio de carro, imóvel, moto, cirurgia plástica, móveis e eletrodomésticos que algumas destas empresas comercializam.
 Consórcio de AutomóveisCompare Aqui
Consórcio ImobiliárioCompare Aqui
Consórcio de MotoCompare Aqui
Consórcio de Serviços e CirurgiasCompare Aqui
Consórcio de Eletrodomésticos e MóveisCompare Aqui

 

PREENCHA O FORMULÁRIO E OBTENHA AJUDA

Melhor Forma de Contato

TelefoneE-mailWhatsApp

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *