Planejamento Financeiro

Comprar um Apartamento: Erros Principais

Comprar um Apartamento

Principais erros na hora de comprar um apartamento, e como evita-los!

Nesta reportagem, vamos desvendar os principais erros na hora da compra e os mais comuns, e saiba como evita-los!

Quando você decidi realizar a compra um apartamento, isso exige que você tome uma série de cuidados. Mas é claro, tendo em vista que a aquisição de uma moradia é acompanhada por um forte apelo emocional, e é um investimento cujo alto valor comprometido, se for mal aplicado, causará graves problemas, que são capazes de anular toda a sua conquista.

Para que você possa evitar tudo isso, separamos os principais erros cometidos na compra de um apartamento, leia com atenção para que não ocorra o mesmo com você!

  1. Comprar por impulso.

Um erro clássico, e que tem uma grande chance de acabar em arrependimentos depois. Muitas das vezes, no desespero de realizar a compra do apartamento desejado, a pessoa acaba se deixando levar pelo primeiro negócio que lhe é apresentado, considerando ser o único possível.

Dificilmente isso será verdade, pois em um ramo tão amplo como o imobiliário, existem milhões de oportunidades aonde estão por toda a parte. Então preste bem atenção e não se deixe seduzir pelo primeiro apartamento que se vê por ai!

Pesquise todas as alternativas que fiquem viável para o seu orçamento, e eleja a melhor escolha para si mesmo e claro para a sua família.

  1. Taxa de condomínio do prédio, não levar em conta.

Quando a pessoa interessada considera a hipótese de comprar um apartamento, um erro muito grande é deixar de lado uma das despesas mais importantes relacionadas à sua moradia que é a taxa de condomínio.

Quando isso ocorre, geralmente as consequências são desastrosas, e podem acabar modificando completamente o padrão de vida dessa pessoa, que simplesmente não pensou em incluir o condomínio nas suas contas.

Desta forma, sempre que considerar a hipótese de comprar um apartamento, você deve se informar de imediato ou o quanto antes sobre o valor cobrado no condomínio da unidade na qual você está interessado em adquirir, ou peça para que o seu consultor imobiliário veja isso por você.

Se você quiser comprar um apartamento que ainda estiver na planta, você deve ficar atento ao número de unidades que compõem o empreendimento, e na sua infraestrutura de lazer.

Lembre-se, que quanto mais benefícios de lazer tiver, mais custos ele te gerará, mas por outro lado, muitos apartamentos representam mais pessoas, e com isso dividir o custo total das despesas de condomínio pode ser menor.

  • Se descuidar de quanto pode gastar.

Realizar a compra de um apartamento sem parar para analisar minuciosamente qual a sua real condição e o que cabe no seu orçamento, é um erro que pode acabar te gerando grandes dificuldades para realizar o pagamento pelo seu bem.

Para você fugir desse risco, é muito importante que, ao comprar o apartamento, você analise com muita calma todos os aspectos financeiros desta aquisição, isso quer dizer que, como a sua compra afetara a sua vida e de seus familiares?!

Realizar as devidas contas, e nelas acrescentar cada despesa de moradia (IPTU, taxa de condomínio, água, luz, telefone, gás), além das outras despesas necessárias, como alimentação, transporte, ensino, saúde, e as que variam (como pagamento de carnes, empréstimos pessoais, cartões de crédito entre outras) é uma das melhores maneiras de ter a exata noção do quanto você pode comprometer da sua renda com a compra do apartamento desejado.

  1. Sem considerar os custos extras, fechar o negócio

Ao calcular os gastos relacionados a compra do apartamento, muitas pessoas deixam de fora os custos extras que esse investimento acarreta. Desta forma, isso acaba implicando em uma surpresa, e até mesmo um aparto financeiro, em diversas circunstâncias.

Naquelas maneiras que o indivíduo se programou para gastar certa quantia, e ao se deparar com uma necessidade de aumento da sua programação, se vê em uma situação apertada do que imaginou.

Desta forma, você deve se lembrar que a compra de um imóvel envolve mais despesas do que a do fechamento do contrato, isso quer dizer que o valor pago ao vendedor.

Nestas, ainda existe:

  • Despesas com a documentação do imóvel;
  • ITBI– Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis;
  • Gastos com mudanças, etc.
  1. Não se resguardar com problemas que possam invalidar a aquisição

Quando a pessoa não se resguardar ao investir na compra de um bem valioso como um apartamento, está praticamente lançando-se em uma perigosa aventura, com muitas chances de ter um prejuízo.

Para que você possa se manter em uma situação segura, e livre de riscos, é inevitável que você cheque toda a documentação referente ao imóvel escolhido, como, certidões que provem estar livre de juros, de bloqueios judiciais, que garantam que o imóvel não esteja em inventário, e tudo mais que possam te assegurar sobre as suas condições de livre e desimpedimento para a venda.

  1. Realizar a compra por meio de construtora e/ou incorporadora sem solidez comprovada

Comprar um apartamento por meio de uma construtora ou uma incorporadora que não prezam pelos seus clientes e produtos é um perigo, que não entregam o bem no prazo ou sequer conseguem te entregar.

Ao comprar um apartamento, você deve cercar-se de garantias, e fugir dos aventureiros. Pesquise o nome e a reputação no mercado da construtora ou da incorporadora com qual você pretende fazer o negócio.

Análise com calma qual a quantidade de imóveis que ela já entregou, se os entregou nos prazos estabelecidos e de acordo com as regras descritas, para que não ocorra nenhum erro com você.

  • Desconhecer as características do imóvel comprado

Existem vários casos de pessoas que compraram seus apartamentos baseados somente em uma única visita ao local. Aonde receberam informações a seu respeito, viram fotos e até mesmo vídeos, chegando lá, pronto, resolveram fechar o negócio.

Esta forma é algo totalmente desaconselhável, por diversos motivos:

  • Apenas uma visita não permite que você conheça totalmente o ambiente em que você vai morar;
  • Com apenas uma única visita, é impossível perceber os detalhes do apartamento, como por exemplo a incidência da luz solar nos ambientes internos, se eles são suficientemente ventilados, e como os sons se propagam ali;
  • Em uma visita não tem como conhecer as condições de trânsito no bairro, e na rua aonde você vai morar, em um só dia e horário.

Para que você possa eliminar a possibilidade de erro, visite o imóvel pretendido em dias e em horários variados, inclusive no mínimo um final de semana, para conhecer o movimento do local.

Desta forma, além de conhecer os pontos acima destacados, ficara mais viável notar a movimentação em torno do seu condomínio, um ponto importante para ter certeza de que você está em uma região segura, e fazer um reconhecimento de tudo que você está adquirindo, inclusive as suas imediações.

  • Realizar a compra sem ter certeza do perfil mais adequado do imóvel

Realizar uma compra pouco refletida em termos de perfil imobiliário, pode gerar grandes e difíceis problemas de contornar. Comprar um apartamento menor do que a necessidade familiar exige, ou muito distante das atividades cotidianas, aonde pode produzir desconfortos em curto prazo, e o que é pior, depois de concretizada a sua compra assim, será preciso conviver um longo período com os efeitos da mesma.

Para que você não passe por essa situação, defina bem qual o perfil de imóveis que você quer, o que melhor vai atender as suas necessidades e as suas expectativas pessoais e familiares. Pense em como está a vida de cada um dos membros da sua família hoje, e como estará daqui pelo menos cinco anos, que é um prazo futuro capaz de ser projetado.

Pense aonde cada um trabalha, estuda, e se há planos de aumentar a sua família, e em tudo que for indispensável na rotina da família. Desta forma, será possível traçar o perfil ideal para todos os moradores do novo imóvel.

Tudo o que foi retratado nesta matéria, a fim de alertar, podem ser evitados, para tal, siga as dicas e uso o seu bem senso para não cair em mãos lençóis.

Leia mais artigos sobre compra de apartamento, ou assine a nossa newsletter receba as nossas principais atualizações.

 

PREENCHA O FORMULÁRIO E OBTENHA AJUDA

Melhor Forma de Contato

TelefoneE-mailWhatsApp

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *